ELETROLIPÓLISE

eletrolipoliseimagemComo o nome sugere, trata-se de uma corrente elétrica(eletro) que promove a quebra (lise) da molécula de gordura (lipo). Através de um aparelho que emite corrente elétrica, agulhas de acupuntura são introduzidas no tecido subcutâneo, diretamente na região a ser tratada. Por agir especificamente na célula de gordura , é um método eficaz com resultados positivos em poucas sessões. Indicado para gordura localizada e conseqüente redução de medidas.

A técnica actua nas camadas superficiais da pele e gordura; estimula a drenagem linfática, favorecendo a oxigenação dos tecidos e a eliminação das toxinas. Os resultados estão condicionados a resposta fisiológica e as reacções de cada indivíduo ao tratamento. Os pacientes que comparecem regularmente às sessões estipuladas no seu programa estético têm apresentado bons resultados.

Efeitos fisiológicos da eletrolipólise – esta técnica que tem sido utilizada juntamente com a acupunctura, valendo-se de um equipamento de estimulação electrónica desenvolvido especificamente para acupunctores, faz com que as células adiposas ao receberem as ondas contínuas percam a capacidade de reter lípidos, e esta acção desestabiliza as células de gordura, destruindo-as. Reduz o volume de gordura concentrada na região estimulada; melhora o metabolismo activando as principais funções da célula; activa o sistema circulatório sanguíneo e linfático; estimula o intestino – auxilia quem tem prisão de ventre; aumenta a presença de elastina e colageneo na região estimulada.

O procedimento: agulhas especiais finíssimas, são aplicadas na região onde se concentra a celulite. É um procedimento 100% seguro e praticamente indolor; em seguida, recebem os estímulos do equipamento de eletroacupunctura passando então a receber uma corrente contínua de baixa intensidade; essa acção pretende melhorar as trocas entre os sais e outras substâncias presentes na região, pois as agulhas de acupunctura são excelentes condutoras de energia, transformando o estado da célula gordurosa onde a celulite está presente; quebrando-as, deixa-as em condições mais favoráveis para que o próprio organismo possa se livrar da gordura de modo natural (através da urina e das fezes).

Nesse processo também ocorre um estímulo na circulação venosa e linfática, o que provoca aceleração da actividade celular, melhorando a eliminação de uma diversidade de toxinas.

São necessárias aproximadamente 15 aplicações em cada área previamente definida: abdómen, flancos, glúteos, coxa interna, culote…

A eletrolipólise pode ser usada como complemento da lipoaspiração, pois aumenta a circulação sanguínea local, estimula a produção de colageneo, elimina toxinas e drena a região.